quinta-feira, 26 de março de 2009

Incêndio em Turvo pode ter sido criminoso

Por Monise Topanotti

O Fiat Uno, ano 2008, pertencente à Cidasc, Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina, que foi incendiado na última madrugada, 25, em Turvo, pode ter sido alvo de vândalos.

O veículo estava estacionado na garagem do prédio, onde se encontram os escritórios da Cidasc, Sine, Exatoria Estadual e Epagri locais, quando os moradores e pessoas próximas ao local perceberam uma fumaça intensa e ligaram para os bombeiros.

Segundo o engenheiro Agrônomo da Cidasc, João Natalino Martins, que chegou ao local após ser avisado do fato por populares, o veículo já estava comprometido e as chamas avançavam cada vez mais em direção ao prédio. “Com a ajuda de vizinhos conseguimos, com baldes e mangueira, apagar parte do fogo”, conta. Minutos depois o Corpo de Bombeiros chegou ao local.

A polícia civil já iniciou as investigações para apurar as causas do incêndio. Cogita-se a possibilidade de vandalismo.